Text size-AA+
 

Presidente da UEFA visita Lviv e Varsóvia

Quinta-feira 12 Abril 2012 17.12 CET
O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, e o Presidente da UEFA, Michel Platini, cortam a fita na inauguração no aeroporto de Lviv

O UEFA EURO 2012, que vai decorrer na Polónia e na Ucrânia, está cada vez mais próximo e o Presidente da UEFA, Michel Platini, visitou os dois países anfitriões na quinta-feira.

Michel Platini começou por visitar o novo Arena Lviv, palco de três jogos do Grupo B, e participou na cerimónia de inauguração do novo terminal no aeroporto da cidade, conjuntamente com o presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, e o presidente da Federação Ucraniana de Futebol (FFU), Grigoriy Surkis.

O Presidente da UEFA viajou depois para Varsóvia, onde visitou o Estádio Nacional, o último recinto do Europeu a ficar concluído, e encontrou-se com a ministra dos Desportos da Polónia, Joanna Mucha, e com o presidente da Federação Polaca de Futebol (PZPN), Grzegorz Lato.

O Arena Lviv está situado num parque nos arredores da cidade, tem capacidade para 30 mil espectadores em jogos da UEFA e foi inaugurado em Outubro de 2011. O Estádio Nacional de Varsóvia foi construído na margem Oriental do Rio Vístula, no bairro de Praga Poludnie, no local do antigo Estádio do Décimo Aniversário, tem capacidade para 50 mil espectadores e vai receber três jogos do Grupo A, um encontro dos quartos-de-final e um das meias-finais.

Em Lviv, Platini aproveitou para destacar o árduo trabalho realizado pela Ucrânia para ter uma festa do futebol durante o UEFA EURO 2012. "Há ainda alguns detalhes a corrigir para atingir a perfeição, mas estou satisfeito com a evolução dos preparativos", afirmou. "Gostaria de agradecer ao governo ucraniano pelos esforços dedicados a esta organização."

"Todas as mudanças que a Ucrânia sofreu nos últimos anos vão beneficiar o povo ucraniano durante muitos e muitos anos", acrescentou. Donetsk, Kharkiv e Kiev são as outras cidades ucranianas que, para além de Lviv, vão receber os jogos do UEFA EURO 2012, com a final marcada para Kiev, a 1 de Julho.

"Tenho a certeza que os adeptos que visitarem este país vão viver uma experiência fantástica devido à incrível hospitalidade do povo ucraniano", concluiu Platini. "Estou convencido que vamos viver uma magnífica festa do futebol na Polónia e na Ucrânia durante o UEFA EURO 2012. Foi um grande desafio para os dois países, mas também para UEFA, mas este desafio vai ser ganho."

"Os estádios na Polónia e na Ucrânia são magníficos, os centros de estágio para as selecções vão ser excelentes e o ambiente vai ser muito bom", declarou Platini, antes de expressar o desejo de que todas as pessoas que visitarem a Polónia e a Ucrânia desfrutem da recepção dos povos dos dois países organizadores.

"Estou muito grato por termos podido fazer este excelente trabalho em conjunto", destacou Yanukovich, que expressou gratidão pela confiança da UEFA de que o governo ucraniano teria capacidade para organizar a prova. "Fazer promessas e cumpri-las foi e será sempre uma questão de princípio para a Ucrânia", acrescentou.

"Está tudo a correr bem", afirmou o Presidente da UEFA, já depois de chegar a Varsóvia. "Quero agradecer ao governo polaco e a todos os seus departamentos pelo trabalho realizado."

Platini destacou o grande legado que vai ficar na Polónia e na Ucrânia depois do Europeu. "Este é um enorme património para o futuro", sublinhou. "Felicito os povos polaco e ucraniano por terem percebido esta oportunidade e de a terem aproveitado."

"Só ouvi palavras positivas durante o meu encontro com Michel Platini", acrescentou Joanna Mucha. "Estamos prontos para o EURO, tudo está a correr como o previsto, só estamos a resolver os últimos detalhes."

"Estou muito feliz com esta visita", confessou Lato, que ficou satisfeito pela avaliação positiva do Presidente da UEFA aos preparativos realizados na Polónia.

© 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.